A escolha de Sofia

Fotogramas selecionados do filme “A Escolha de Sofia”

Você se depara com uma decisão quase impossível de ser tomada…
Você precisa optar entre duas escolhas igualmente perturbadoras…
Você está frente a uma ‘escolha de Sofia’.
Como se originou essa expressão?
A origem da expressão é uma história de horrores, um acontecimento trágico, ocorrido nos Campos de Concentração do Nazismo, em Auschwitz, numa época em que ocorreram os mais desumanos e cruéis crimes da História da Humanidade.
O escritor americano Willian Clark Styron relatou num romance filosófico a tragédia vivida por Sophie Zawistowska, sob o título original Sophie’s Choise. O romance foi escrito em 1979.
Sofia, de origem polonesa, declarava-se católica e teria sido capturada e levada ao Campo de Concentração por estar ocultando e transportando, de forma clandestina, alguns quilos de carne que pretendia levar para sua mãe enferma.
A história de Sofia revela um dos mais cruéis sofrimentos a que o ser humano pode ser submetido. Sofia era mãe de dois filhos, um menino e uma menina: Jan e Eva, conduzidos junto com a mãe ao Campo de Concentração, numa viagem que durou trinta horas de trem. Sofia logo percebeu estar vivendo uma situação desesperadora, com a certeza de viver dias difíceis e um futuro incerto. O mais apavorante seria a morte nas câmaras de gás.
Já extenuada pela longa e terrível jornada, Sofia abafava o choro de fome da pequena Eva e de Jan, na época com 10 anos de idade. A tragédia não demorou a acontecer. No mesmo dia da chegada, viu-se confrontada por uma proposta aterradora. Um dos carrascos nazistas colocou Sofia frente a uma escolha trágica: um dos filhos seria levado para ser morto na câmara de gás, sendo que ela deveria escolher qual dos dois seria poupado e qual seria condenado. Caso se negasse a escolher, os dois seriam mortos. Sofia, frente à situação desesperadora, resolveu salvar o menino Jan por considerar que ele teria maiores condições de sobreviver aos horrores que ainda viveria. No desespero viu-se frente a uma cena de crueldade jamais imaginada: a filha Eva foi brutalmente levada ao trágico fim. Essa cena vivida por Sofia, a lembrança do último olhar de sua filha, o desespero do filho, a atormentaram todos os dias de sua vida. Jan foi conduzido ao Campo das Crianças.
Ao ser libertada, Sofia só tinha um motivo para viver: reencontrar o filho Jan. No entanto, do filho nunca mais teve notícias, ficando o sentimento de total desalento e dúvidas sobre o que teria ocorrido com Jan a partir da escolha desesperadora a que foi submetida.
O romance ‘A Escolha de Sofia’, também traduzido no Brasil, inspirou o filme homônimo.
A estréia do filme ocorreu em 1982, sob a direção de Alan J. Pakula, tendo Meryl Streep no papel de Sofia.
O filme foi exibido no Brasil, com grande bilheteria.
Tanto o livro quanto o filme são obras premiadas e de muito sucesso. Inesquecíveis e sempre atuais para quem mergulhou nessa tragédia humana.
Fica o convite para ler o romance e ver o filme!
…………………………………………………
– E você, já se encontrou numa situação semelhante, podendo considerar ter que fazer sua ‘escolha de Sofia’?

Anúncios

Gostou? Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.